h1h2h3h4h5

ETE para tratar 100% do esgoto do município foi entregue na manhã ontem

ETE-Sta-Gertrude

A prefeitura de Santa Gertrudes, com o apoio da secretaria Estadual de Recursos Hídricos, entregou à população a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Por meio do sistema aeróbico e anaeróbico, seis lagoas foram construídas para tratar e limpar o esgoto dos mais de 22 mil habitantes do município. A obra foi feita com recursos próprios da cidade e também com a parceria do Programa Água Limpa, do governo estadual.

Trabalhando em caráter experimental desde o início do ano, a ETE de Santa Gertrudes foi construída pensando no crescimento do município. Em pleno funcionamento, a estação poderá receber diariamente o esgoto de uma cidade com até 50 mil habitantes. “Nossa estação é um modelo para a região. Ela não recebe produtos químicos e a sua manutenção é feita de forma mais fácil, barata de rápida”, destacou o secretário de Saneamento de Santa Gertrudes, Osmar da Silva Junior.

Com a obra, Santa Gertrudes passa a ser uma das primeiras cidades da região a tratar 100% do seu esgoto. Nas palavras do secretário de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos, Edson Giriboni, “o município agora é 300%: 100% de tratamento de água, 100% de coleta de esgoto e 100% de tratamento de esgoto. As cidades que pensam dessa foram estão investindo em qualidade de vida e em saúde para os seus moradores”.

De acordo com o prefeito João Vitte, “essa obra é um presente para o município, é a contribuição da cidade na preservação dos rios e mananciais que cortam e abastecem Santa Gertrudes”, observou.

O governador Geraldo Alckmin fez questão de frisar que a cidade de Santa Gertrudes passa a fazer parte de um seleto grupo de municípios que fazem a diferença. “Ao se investir em saneamento, estamos poupando recursos para a saúde. O governo do Estado não tem poupado investimentos e parcerias em projetos como o desta estação, que melhoram a qualidade de vida das pessoas e tornam o nosso Estado cada vez mais sustentável e responsável com o meio ambiente”, finalizou.

Para o Presidente da Fundação Agência das Bacias PCJ e Prefeito de Piracicaba, Barjas Negri, a região das Bacias PCJ mais uma vez ganha com um empreendimento deste porte, “devemos recuperar a qualidade dos corpos d’água, cuidar dos rios para que tenhamos água em quantidade para os mais de cinco milhões das Bacias PCJ e a implantação desta ETE representa um ganho para toda região, conclui.

 Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Município de Pedreira