h1h2h3h4h5

4º Seminário Anual: Avanços na Detecção, Remoção e Inativação de Cistos de Giardia - 1º e 02/12/16

Apresentação:

Os relatos de transmissão de doenças de veiculação hídrica, relacionados ao abastecimento de água para consumo humano, inclusive em países desenvolvidos, têm sido registrados, com especial atenção à detecção e ao controle dos protozoários Cryptosporidium spp. e Giardia spp. A principal fonte de contaminação dos recursos hídricos por esses patógenos é o descarte de esgoto doméstico (tratado ou não) nos corpos de água que comumente são utilizados como mananciais. Apesar dos esforços empenhados para tratar o esgoto, as técnicas disponíveis não removem todos os parasitos presentes. No Brasil, os serviços de coleta, transporte e tratamento de esgoto ainda são deficientes, além disso, existem relatos de surtos de veiculação hídrica por protozoários no País, portanto, fica evidente a fragilidade dos sistemas de abastecimento de água.

Apesar dos avanços alcançados no meio acadêmico brasileiro em relação à presença de patógenos na água, ainda existem muitas incertezas relacionadas aos métodos analíticos utilizados e às tecnologias aplicáveis. A importante etapa de desinfecção, a disposição dos resíduos gerados nos tratamentos e o conhecimento das espécies e seu potencial de infecção precisam ser avaliados visando gerar conhecimentos que suportem o estabelecimento de tecnologias de tratamento.

Neste contexto, surge o projeto temático financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), processo nº 2012/50522-0. A pesquisa intitulada “Contaminação ambiental pelos protozoários Giardia spp. e Cryptosporidium spp. e por Ascaris suum: desafios de detecção, remoção e inativação das formas infectantes” vem trabalhando sobre o assunto e agora promove o “4º Seminário Anual do Projeto Temático FAPESP Processo N° 2012/50522-0: Avanços na Detecção, Remoção e Inativação de Cistos de Giardia spp. e Oocistos de Cryptosporidium spp. em Amostras Ambientais” com o intuito de divulgar e discutir os resultados obtidos.

O evento gratuito está dirigido ao público em geral e aos profissionais da área, incluindo: engenheiros, biólogos, químicos, técnicos e estudantes vinculados à avaliação de parasitos em amostras ambientais.

Mais informações ...